Revisão para cima na produção brasileira de milho

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgou no dia 11 de abril o sétimo levantamento da safra de grãos 2018/2019.
Para o milho de primeira safra, a estimativa é de redução de 1,3% na produção frente ao último relatório. A Conab prevê que sejam colhidas 25,87 milhões de toneladas do grão até o final dos trabalhos no campo. 
Vale lembrar que a colheita está em reta final e, de acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), até a segunda semana de abril, 96,0% da área total de milho primeira safra no Paraná, um dos principais estados produtores, já havia sido colhida. 
Para o milho de segunda safra o cenário é diferente, a previsão é de alta de 2,3% na produção brasileira. São 1,54 milhão de toneladas a mais, frente aos números do relatório de março. 
As boas condições climáticas na semeadura e o aumento de 1,6% da área destinada ao milho de segunda safra contribuíram para essa revisão para cima na produção. 
Com isso, a produção do grão brasileiro total na safra 2018/2019 também aumentou em 1,3%, passando de 92,80 milhões de toneladas no relatório de março, para 94 milhões neste mês.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.