Queda no poder de compra do invernista

O cenário pouco animador no mercado do boi gordo, devido às desvalorizações e às incertezas em relação ao futuro dos preços, afasta compradores de reposição. Diante desse cenário de baixa demanda no mercado de reposição, poucos negócios ocorrem. Nem mesmo o incremento na oferta de bezerros, comum nesta época do ano devido ao período de desmama, aquece o mercado. 

Na média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados pesquisadas, as referências recuaram 0,2% frente à semana anterior. Desde o início do ano, a queda foi de 4,9%. Em São Paulo, o bezerro desmamado (6@) registra o maior recuo no ano, dentre todas as praças pesquisadas, de 11,9% desde o início de janeiro.

Mesmo com este cenário de queda na reposição, as quedas na cotação do boi gordo vem piorando a relação de troca e diminuindo o poder de compra do recriador. Atualmente em São Paulo, são necessárias 7,76 arrobas de boi gordo para a compra de um bezerro de desmama (6@). Há um ano eram necessárias 8,05 arrobas, ou seja, melhora de 3,6%. Porém, até o fechamento de maio esta relação era 10,9% melhor frente ao mesmo período do ano passado. Esta queda no poder de compra é explicada pela desvalorização de 5,0% no preço do boi gordo em São Paulo.

https://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.