Projeto Campo Futuro realiza levantamento de custos de grãos na região Oeste da Bahia

Luís Eduardo Magalhães ( 17/8/2018) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com a Federação Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB) e Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães (SPRLEM) realizaram o painél dos custos de produção de grãos da região Oeste da Bahia. O evento aconteceu no dia 14 de agosto Centro de Treinamentos – Complexo Interagro. 

Com o objetivo de formar uma rede atualizada de dados sobre esta cultura, o projeto Campo Futuro realiza o levantamento das informações por meio de painéis que acontecem nas principais regiões produtoras, alinhando a capacitação do produtor rural à geração de informação para a administração de riscos de preços, de custos e de produção na propriedade rural, gerando informações importantes para tomada de decisão de políticas públicas na CNA e Federações.

A condução do processo de coleta de dados realizada pelos pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – CEPEA, Fernando Perez Cappello e Milena Emi Nishikawa, contou com a participação de produtores e consultores de grãos da região.

De acordo com o pesquisador do CEPEA, Fernando Perez Cappello, esse trabalho é realizado ao longo de 32 regiões produtoras de grãos no país.

“Estamos realizando este trabalho por todo o país, em Luís Eduardo Magalhães, revisamos os resultados de forma geral, tanto a soja quanto o milho foram beneficiados pelas boas condições climáticas e produtividade. Todas as culturas tiveram resultados positivos de rentabilidade em um ano de baixa pressão de pragas e doenças e elevado investimento em tecnologia. Contudo o cenário é de alerta para ano que vem, pois com a alta do dólar e preços de frete, o custo de insumos deve subir o que aumenta também a produtividade de nivelamento necessária para cobrir os custos de produção”, destacou Fernando.

Após a realização dos painéis, as informações são atualizadas mensalmente pelas instituições parceiras e reunidas trimestralmente em um boletim técnico, denominado Ativos do Campo.

O Campo Futuro é um projeto realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) em parceria com universidades e centros de pesquisa, além das Federações de Agricultura e Pecuária dos Estados.

Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães (SPRLEM)

https://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.