Pressão de baixa perde força no mercado de sebo

Apesar da baixa demanda por sebo, a oferta não está abundante, fator que tem limitado as desvalorizações nas últimas semanas.
No Brasil Central, a gordura animal está cotada, em média, em R$2,15/kg, livre de imposto. Desde o início do ano, houve queda de 14,0%, entretanto, na comparação anual o sebo está custando 2,4% mais este ano. 
No Rio Grande do Sul, a oferta limitada tem dado poder de barganha para os vendedores. 
No estado, o produto está cotado, em média, em R$2,20/kg, nas mesmas condições. Vale ressaltar que há pedidos até R$0,10/kg acima da referência. 
A expectativa para o curto prazo é de que a demanda siga em baixa, o que pode travar uma retomada de preço, mesmo com a oferta limitada.
 

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.