No varejo, investidor tem acesso a fundo via BDR

Opção permite alocar em cerca de duas dezenas de nomes do segmento de real estate investment trust (REIT), com retorno médio em dividendos na casa dos 4% Investir em ativos imobiliários fora do Brasil não é mais exclusividade dos bolsos mais afortunados. Desde que os Brazilian Depositary Receipts (BDR, recibos de ativos) se tornaram acessíveis ao público de varejo na B3, no fim de outubro, o investidor passou a ter a possibilidade de alocar em cerca de duas dezenas de nomes do segmento de real estate investment trust (REIT), os fundos imobiliários americanos, com um retorno médio em dividendos (“dividend yield”) na casa dos 4%. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.