Mercado do boi parado, mas atenção ao período do mês

A oferta de boiadas está aumentando, mas ainda está aquém da necessária para impor um viés de baixa.
Aliás, a semana começa com expectativa de aumento da demanda com o recebimento dos salários e o Dia das Mães. Pontualmente, estes fatores podem colaborar com pagamentos maiores pela arroba do boi gordo, apesar do aumento gradativo da oferta de boiadas, que pode limitar as altas. 
No fechamento da última segunda-feira (6/5), parte das indústrias ficaram fora do mercado, analisando seus estoques para então definirem como trabalharão o volume de compra no decorrer da semana.
Em São Paulo, o boi gordo ficou cotado em R$156,00/@, à vista, livre de Funrural. No estado, as escalas de abate atendem em torno de cinco dias.
No mercado atacadista de carne bovina com osso, o boi casado de animais castrados está cotado em R$10,00/kg, alta de 0,7% frente ao fechamento da última semana.
 

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.