Mercado de reposição pouco movimentado em Goiás

Os preços de todas as categorias pesquisadas pela Scot Consultoria tiveram, em média, queda de 1,7% desde o começo do ano no estado. Nesse mesmo intervalo, os preços da arroba do boi gordo desvalorizam 9,9%.

Perante essa situação, na média da relação de troca de todas as categorias de reposição, o poder de compra do invernista/recriador ficou 8,3% menor em relação ao começo do ano.

Destaque para a relação de troca com o boi magro (12@), atualmente compra-se 1,19 boi magro com a venda de um boi gordo de (16,5@), há cinco meses comprava-se 1,31. Situação semelhante para o garrote (9,5@), que em janeiro/17 comprava-se 1,57 animal e hoje 1,45.

Mesmo diante de pastagens ainda com capacidade de suporte aceitáveis, esses fatores colaboraram para diminuir o interesse dos pecuaristas em repor seus animais, nas últimas semanas poucas foram às negociações efetivadas.

https://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.