Mercado de reposição: pausa para o fim de ano

Menor movimentação no mercado de reposição. 
Com a proximidade do final de ano, muitos pecuaristas já fecharam as contas de 2018 e aguardam o início do próximo ano para retomar às compras. 
O menor volume de negócios registrados na última semana foi, na maioria, envolvendo as categorias de machos, para a engorda nas pastagens, que estão com maior qualidade nesse período do ano. 
No balanço semanal, na média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados e estados pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações fecharam com alta de 0,3%. 
Chama atenção o longo período de altas semanais consecutivas registrados no mercado. Com a alta no balanço da última semana, as cotações somam 25 semanas consecutivas sem registrar quedas. 
Essa sequência de altas é a maior desde o início de 2016, quando teve início o ciclo de baixa dos preços após os maiores patamares registrados para o bezerro entre 2014 e 2016. 
Entrar em 2019 com as cotações em alta e com uma possível redução da oferta de bezerros, em função do maior volume de fêmeas abatidas a partir de 2017, pode trazer maior firmeza para o mercado de reposição. 
 

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.