Expectativas positivas com relação à segunda safra de milho

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou no dia 12 de março o sexto levantamento da safra brasileira de grãos. 
Destacamos as revisões para cima na área e produtividade média do milho de segunda safra, em reta final de semeadura no país. 
A expectativa é de que a cultura ocupe 12,05 milhões de hectares neste ciclo (2018/2019), frente aos 11,80 milhões de hectares estimados no relatório anterior. Na comparação com a safra passada, a área deverá ser 4,4% maior. 
Com relação à produtividade média das lavouras, a previsão é de um incremento de 18,3% em 2018/2019, em relação a 2017/2018. 
Com isso, a produção na segunda safra foi estimada em 66,6 milhões de toneladas, 2,1% mais frente as 65,2 milhões de toneladas estimadas em fevereiro último.
O país deverá colher 23,6% mais milho este ano, na comparação com a segunda safra passada, o equivalente a 12,69 milhões de toneladas a mais.
Diante disso, a expectativa é de mercado com preços mais frouxos no final deste semestre e começo da segunda metade do ano, em função da colheita e maior disponibilidade interna.
Seguimos monitorando o clima e o câmbio, principais fatores de precificação para o cereal nos próximos meses.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.