De olho no mercado do boi gordo e no pasto

O mercado de reposição fechou a semana com estabilidade nas referências.
Mas o que chama atenção é o longo período de firmeza nas cotações deste mercado. Já são 14 semanas consecutivas sem ajustes negativos.
Para o curto prazo, a expectativa é de manutenção deste cenário de preços positivos, isso porque a arroba do boi gordo tende a se manter firme e “puxar” as cotações de reposição.
Além disso, a recuperação das pastagens deve ganhar ritmo com a chegada das chuvas e esse é outro fator que ajuda a dar maior dinâmica ao mercado.
Conforme as condições das pastagens melhoram, recriadores e invernistas tendem a se lançar às compras com maior afinco, buscando a reposição do rebanho.
Já pelo lado do criador, a maior demanda tende a gerar maior poder de barganha, fato  que pode dar maior firmeza às cotações.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.