Conjuntura do Censo Agropecuário 2017

Com a divulgação do Censo Agropecuário 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), análises do panorama agropecuário puderam ser feitas.

População que reside em área rural

O Censo mostrou uma redução da população que reside no campo. A diminuição foi de 1,5 milhão de pessoas em relação a 2006 (último censo), tendo agora 15,1 milhões de pessoas ocupadas.

Além da diminuição, a compilação da idade da população rural sugere o envelhecimento de quem vive no meio rural, pois, muito embora a média de idade tenha diminuído, de 49 anos (2006) para 46 anos (2017), é possível notar que a concentração de pessoas no presente ano, se faz nas categorias de maior idade (figura 1).

Figura 1.Média de idade nos estabelecimentos rurais em 2017, em mil habitantes.Fonte: IBGE (2017) / Elaborado pela Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Estabelecimentos rurais

Foram identificados 5,1 milhões estabelecimentos rurais, dos quais 77% (redução de 6% em relação a 2006) são voltados para agricultura familiar, de menor porte.
Tabela 1.Distribuição de estabelecimentos e tamanho médio.

1980 1985 1995/96 2006 2017

Quantidade de estabelecimentos(milhões)
5,151
5,793
4,859
5,175
5,073

Área total (mil ha)
364.854
374.952
353.611
333.680
351.289

Tamanho médio (ha)
70,8
64,7
72,8
64,5
69,2

5% (maiores)*
69,3%
69%
68,8%
69,3%
71,7%

50% (menores)**
2,4%
2,3%
2,3%
2,3%
2,39%

Fonte: IBGE (1980-2017) / Compilado pela Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br*5% dos estabelecimentos (maiores), possuem 70% das terras**50% dos estabelecimentos (menores), possuem 2,4% das terras

Os estabelecimentos familiares somaram 23% da área e contribuem também, com 23% do valor de produção. Essas propriedades empregam 67% da mão de obra rural, muito embora não devemos associar este número de pessoas à produtividade, visto que essa cresce mais quando associada à tecnologia utilizada e não com a quantidade de pessoas.

Existem 51.203 estabelecimentos com mais de 1000 hectares, que juntos, representam 47% da área rural ocupada (aumento de 2%). Em resumo, 1% das propriedades ocupam metade da área rural brasileira, também são as propriedades maiores, as responsáveis pela maior parte da receita, dados do IBGE mostram que as propriedades com mais de 100ha, concentram 70% da receita bruta.

Uso de tecnologia na agropecuária

Em relação à inserção de tecnologias, houve um aumento de 1900% na quantidade de propriedades com acesso à internet, aumento de 300 mil estabelecimentos que fazem uso de defensivos agrícolas, aumento de 49% no número de tratores e quase 200 mil novos estabelecimentos realizando irrigação, ilustrando a tecnificação da agropecuária no período.
Tabela 2.Acesso/uso de tecnologias nos estabelecimentos rurais.

Fonte: IBGE (1980-2017) / Compilado pela Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Considerações finais

Embora o tamanho da área total e quantidade de estabelecimentos não tenham tido grandes alterações em relação ao último Censo, a produtividade por hectare cresceu, o que sugere aumento na eficiência, também sugerida pelo aumento do uso de tecnologia no campo.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.