Casale apresenta soluções tecnológicas para aumento de produtividade na pecuária de corte e de leite

O custo de produção nos segmentos de pecuária de corte e de leite tiveram aumento acima da inflação, principalmente, pela disparada das commodities (grãos). A pecuária de corte, de acordo com a Scot Consultoria, registrou um acréscimo de 17,2% no passado, quando comparado a 2014. Já a pecuária de leite teve um aumento de 15,7%. Dentro do processo todo de produção, segundo a EMBRAPA, 70% se refere à alta na alimentação.

Em 2016, a meta é fazer mais com menos. Ou seja, quem se preparou com plano B estratégico deve ter bons resultados e atravessar esta turbulência. A maioria dos pecuaristas tem buscado por soluções que ajudem a reduzir os custos de maneira expressiva. O grande gargalo hoje é frear os gastos com alimentação. Então, qualquer processo que dê resultado, está valendo!

Com a intensificação do sistema de produção na pecuária, a maioria dos pecuaristas buscam controlar na ponta do lápis os seus resultados. O fator que mais encarecesse a produção intensiva é a distribuição de ração. Este processo, ainda muito arcaico no Brasil, é em muitos casos realizado de forma manual, sem controles, e encontramos inclusive grandes fazendas que ainda realizam este processo com baixa eficiência. Mas atualmente, há no mercado tecnologia que controla a quantidade exata de cada ingrediente da dieta do gado, com todos os nutrientes necessários, aumentando a produtividade do rebanho.

Um estudo recente realizado pela UNESP em parceria com a EMBRAPA e o Departamento de Agricultura dos Estados (USDA) aponta que a pecuária intensiva de corte permite produzir a mesma quantidade de carne comparada à pecuária extensiva em uma área sete vezes menor. Com a intensificação é possível reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), já que a produção de metano depende da quantidade e qualidade do alimento digerido feito através uma ração balanceada, com volumosos e alimentos concentrados; das condições de manejo; do acompanhamento médico e da inseminação artificial, que permite o melhoramento zootécnico do animal, entre outras características da pecuária intensiva.

O uso de novas tecnologias no sistema intensivo também aumenta a produção de leite, se comparado à pecuária extensiva. Isto é o que aponta o pesquisador Geraldo Balieiro, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), que após várias pesquisas sobre a produção de leite e a estabilidade aeróbia de silagens de diferentes híbridos sob fornecimento manual e mecânico concluiu que a produção de leite das vacas, que receberam alimentação por sistema mecânico com a Totalmix Autocarregável da Casale teve um aumento de 1,3 kg comparado ao sistema manual. Segundo Balieiro, o aumento da produtividade ocorreu em função da preservação dos nutrientes solúveis da silagem pelo equipamento.

“Para que o produtor consiga fornecer uma alimentação balanceada e obter maior rentabilidade, é importante o emprego de equipamentos que realizem a pesagem dos ingredientes e a mistura homogênea sem perder os nutrientes. A utilização da Totalmix Autocarregável proporcionou maior estabilidade aeróbia do silo e a maior precisão do fornecimento da dieta planejada” ressalta.

A Totalmix Autocarregável é a solução para o pecuarista que busca economia com eficiência operacional, visto que executa as tarefas de uma forma mais inteligente, com menos desperdício, esforço e retrabalho, resultando em alta rentabilidade.

Um de seus diferenciais é a disponibilidade de desensilar, carregar, dosar e misturar as silagens e ingredientes de forma homogênea, realizando a distribuição nos cochos com um único operador. Além da pesagem precisa durante a desensilagem devido ao sistema de células de carga com chassi independente, conta com uma tubulação hidráulica galvanizada, roscas superiores inteiriças e válvula de anti-travamento do rotor desensilador, proporcionando fácil operação.

Sobre a Casale

Localizada às margens da Rodovia Washington Luís, em São Carlos (SP), é considerada uma das empresas mais inovadoras do setor de máquinas para pecuária e se dedica a produção de equipamentos de alta tecnologia para atender as demandas do setor de pecuária intensiva de carne e de leite.

Há 52 anos, é reconhecida pela sua tecnologia, qualidade superior e compromisso com o produtor. Fatores que conquistaram a confiança de seu público. A cada ano, agregam-se novas tecnologias com o objetivo de contribuir para o aumento de produtividade na pecuária. A empresa investe permanentemente em desenvolvimento de novos produtos, no serviço de pós-vendas e na modernização de seu parque industrial.

Visite o site www.casale.com.br e conheça as novidades e soluções para o seu negócio.

Deixe um comentário

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.