Café: Bolsa de Nova York opera próxima da estabilidade nesta 2ª após alta acumulada de quase 2% na semana passada

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam próximos da estabilidade nesta manhã de segunda-feira (8) após fecharem com alta de quase 2% no acumulado da semana passada. O mercado oscila com base em indicadores técnicos, mas também acompanha o câmbio e informações sobre o clima no Brasil, que já começou a colheita em algumas regiões produtoras.

Por volta das 09h03 (horário de Brasília), o contrato maio/17 registrava 133,10 cents/lb com alta de 40 pontos (fechamento da sessão anterior), o julho/17, referência de mercado, estava cotado a 135,60 cents/lb com desvalorização de 10 pontos. Já o vencimento setembro/17 caía 10 pontos, a 137,90 cents/lb, e o dezembro/17, mais distante, avançava 10 pontos e estava sendo negociado a 141,60 cents/lb.

De acordo com a trader sul-africana I&M Smith, os mercados do café arábica e robusta seguiram em alta na semana passda ainda que “não haja atualmente nenhum fator fundamental para elevar e apoiar os mercados, mas não há dúvida de que este é um ano de déficit global no fornecimento de café”. A empresa acrescenta que esse fator poderá, provavelmente, apoiar o grão e manter algum grau de oscilação nos preços.

No Brasil, também por volta das 09h03, o tipo 6 duro era negociado a R$ 460,00 a saca de 60 kg em Patrocínio (MG) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 460,00 a saca e em Espírito Santo do Pinhal (SP) estava sendo cotado a R$ 440,00 a saca.

https://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.