Aumento da oferta de matéria-prima pressiona para baixo os preços do leite longa vida

O mercado atacadista de produtos lácteos está em queda. Na primeira quinzena de novembro, na média de todos os produtos pesquisados pela Scot Consultoria, o recuo dos preços foi de 0,7%, frente a quinzena anterior.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o leite Longa Vida (UHT) ficou cotado, em média, R$2,44 por litro, uma desvalorização de 7,0% frente o final de outubro. O produto foi o que teve maior recuo no período analisado
No varejo, os produtos lácteos também desvalorizaram. Em São Paulo o recuo foi, em média, de 0,6% na primeira metade de novembro.
Para o consumidor final, o leite longa vida ficou 5,4% mais barato. O produto ficou cotado, em média, R$3,39 por litro. Contudo, na comparação com o mesmo período do ano passado, o preço do produto está 20,6% maior.
Para esta segunda quinzena a expectativa é de mais recuo na cotação do UHT em decorrência do aumento de captação da matéria-prima (leite cru), principalmente, no Brasil Central e região Sudeste.
Outro ponto que pode influenciar nesse recuo é a proximidade com as férias escolares, época típica de queda no consumo de leites fluidos.
Para saber mais sobre o mercado de leite, custos de produção, clima, preços dos lácteos no atacado e varejo e expectativas para a cadeia assine o Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria. Mais informações em: https://www.scotconsultoria.com.br/loja/relatorios/59/relatorio-do-mercado-de-leite-da-scot-consultoria .
A Scot Consultoria também realiza palestras e treinamentos de mercado na área de pecuária de leite. Saiba mais em: https://www.scotconsultoria.com.br/servicos/11/palestras-cursos-aulas-e-treinamentos.htm .
Quer ficar por dentro das últimas notícias do mercado de leite? Acesse o Facebook da Scot Consultoria: https://www.facebook.com/ScotConsultoriaLeite/?fref=ts .

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.