Alta demanda por garrote na Bahia

Maior demanda por categorias mais eradas para giro rápido no estado.
Na comparação com o mês anterior, a alta mais expressiva ficou para o garrote anelorado, de 22,8%. Atualmente está cotado em R$2,1 mil, maior preço nominal desde o início da série, em setembro de 1998. 
O garrote foi seguido pelo boi magro, que valorizou 20,2% no mesmo período e atualmente está cotado em R$2,5 mil. 
Já para as categorias mais jovens, a valorização nos últimos trinta dias foi de 14,1%, considerando a média do bezerro de ano e de desmama anelorados. 
Com as cotações mais elevadas, na média de todas as categorias, a relação de troca piorou 8,0% no último mês. 
Em outubro passado, com a venda de um boi gordo de 18@ comprava-se 1,67 garrote, atualmente compra-se 1,47. Piora de 11,9% no poder de compra do recriador/invernista. 
Com a oferta insuficiente para atender a demanda, associada aos preços firmes da arroba do boi gordo, a expectativa é de que o mercado de reposição continue firme nas próximas semanas. 
Análise originalmente publicada no informativo Boi & Companhia, edição 1367.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.