Agência reguladora da UE aprova uso da vacina da Johnson & Johnson


Em outubro, a UE fechou um acordo para adquirir 200 milhões de doses da vacina aprovada A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês), o órgão regulador do setor na União Europeia (UE), autorizou o uso emergencial no bloco da vacina de dose única contra a covid-19 desenvolvida pela Johnson & Johnson.

Johnson & Johnson via AP
Na decisão publicada nesta quinta-feira, a EMA afirmou que, após uma avaliação completa dos dados enviados pela farmacêutica americana, a conclusão foi que a vacina atende aos critérios de eficácia, segurança e qualidade.
“Com este último parecer positivo, as autoridades em toda a UE terão outra opção para combater a pandemia e proteger a vida e a saúde de seus cidadãos”, disse o diretor-executivo da EMA, Emer Cooke, em comunicado.
Essa é a quarta vacina aprovada para uso emergencial na UE, que já está utilizando os imunizantes da Pfizer/BioNTech, AstraZeneca/Oxford e Moderna.
Em outubro, a UE fechou um acordo com a Johnson & Johnson para adquirir 200 milhões de doses da vacina aprovada nesta quinta-feira. O contrato também prevê a opção de adquirir 200 milhões de doses adicionais.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.