Açúcar: Cotações têm forte alta no exterior, mas seguem estáveis no BR

Os preços do açúcar demerara estão em alta na Bolsa de Nova York (ICE Futures), impulsionados pela valorização do petróleo – no dia 15 de maio, Rússia e Arábia Saudita comunicaram a prorrogação de um acordo que visa reduzir a produção da commodity.

Com a matéria-prima mais cara, o preço da gasolina poderia aumentar, o que, por sua vez, estimularia o consumo de etanol, elevando a participação do biocombustível no mix de produção e diminuindo a exportação do açúcar brasileiro. A alta externa, no entanto, não elevou os preços domésticos do açúcar cristal, que seguem estáveis, na casa dos R$ 76,00/sc de 60 kg desde 4 de maio.

No mercado spot paulista, conforme colaboradores do Cepea, a oferta de açúcar cristal cor Icumsa 150 continua baixa. Devido às chuvas dos últimos dias, algumas usinas interromperam a moagem e ficaram fora do mercado. De 15 a 22 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa entre 130 e 180, subiu 1%, fechando a segunda-feira a R$ 76,89/saca de 50 kg.

https://www.cnabrasil.org.br/

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.