Vendas globais de smartphones têm queda de 14% em fevereiro, mostra pesquisa

Impacto foi sentido principalmente por conta do fechamento de lojas na China, em decorrência do coronavírus. As vendas globais de smartphones caíram 14% em fevereiro, diante da disseminação do coronavírus na China e em outros países, informou a Counterpoint Research, empresa de análise de mercado, nesta quinta-feira (26). Os dados são o prenúncio de uma queda ainda maior nas vendas conforme a pandemia se intensifica em outras partes do mundo.
O vírus levou a Apple e outras fabricantes de smartphones a fechar lojas na China em fevereiro e dados do governo sugerem que a Apple vendeu menos de 500 mil smartphones no mercado chinês durante o mês.
As lojas no país foram reabertas em março, enquanto que a empresa ordenou o fechamento de unidades ao redor do mundo, em decorrência da doença.
A China, que teve queda de 38% nas vendas em fevereiro em relação ao ano anterior, agora está mostrando sinais de recuperação, com muitas lojas reabrindo em meados de março.
Também há sinais de recuperação na Coreia do Sul, mas para outras partes do mundo “o pior ainda está por vir”, disse Jean Park, analista sênior da Counterpoint.
Os fabricantes de smartphones estão enfrentando novas interrupções na cadeia de fornecimento, à medida que mais países impõem paralisações. Na terça-feira (24), a Foxconn, uma das principais fornecedoras da Apple, disse que suspenderá as operações na Índia em conformidade com as ordens do governo local.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.