Venda de veículos novos cai 22% em março como reflexo do coronavírus


Foram emplacadas 163.588 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no último mês, contra 209.148 em março de 2019. Vendas de carros novos
Reprodução/TV TEM
A venda de veículos novos caiu 21,8% em março, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os resultados foram divulgados nesta quinta-feira (2) pela associação das concessionárias, a Fenabrave, e mostram forte impacto da pandemia do coronavírus no setor.
Foram emplacadas 163.588 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no último mês, contra 209.148 em março de 2019.
Em relação ao mês anterior, fevereiro, a queda foi de 18,6%. Já comparando os acumulados de janeiro a março, as vendas tiveram uma queda menor, de 8,2% em relação a 2019.
Por segmentos
O bloco que inclui automóveis e comerciais leves foi que mais sentiu o efeito da pandemia em março, com queda de 21,9% em relação ao ano passado. Foram emplacadas 43.706 unidades a menos, fechando o mês com 155.810. Considerando somente os automóveis, o impacto foi de 23% a menos nas vendas.
Entre caminhões e ônibus a queda foi ligeiramente menor, de 19,3%. Porém, os ônibus representaram a maior queda de todo o mercado: 35,4%, passando de 2.004 para 1.295 unidades vendidas nos respectivos meses de março.
Esta matéria está em atualização.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.