Últimas notícias sobre os mercados em 25 de março

Plano de estímulo à economia acordado nos EUA impulsiona bolsas nesta quarta-feira (25). As bolsas da Europa aperam novamente em alta nesta quarta-feira (25) durante o dia, impulsionada pelo acordo nos Estados Unidos de um grande plano de US$ 2 trilhões de estímulo à economia para enfrentar os impactos da pandemia de coronavírus.
Na Ásia, os mercados fecharam em forte alta. No Japão, o índice Nikkei avançou 8,04%, maior subida desde outubro de 2008.
Os índices futuros das bolsas de Nova York também subiam nesta quarta, antes da abertura de Wall Street.
EUA fecham acordo de US$ 2 trilhões para atenuar os impactos causados pela pandemia
Veja os principais destaques do dia
Bolsa de Londres: opera em alta de 1,94%
Bolsa de Frankfurt: opera em alta de 1,16%
Bolsa de Paris: opera em alta de 1,89%
Bolsa de Madri: opera em alta de 1,79%
Petróleo WTI: opera em alta de 0,17%, a US$ 24,05
Petróleo Brent: opera em queda de 1,36%, a US$ 26,78
Bolsa de Tóquio: fechou em alta de 8,04%
Bolsa de Xangai: fechou em queda de 2,17%
Bolsa de Hong Kong: fechou em alta de 3,81%
Bolsa de Seul: fechou em alta de 5,89%
Bolsa de Sydney: fechou em alta de 5,54%
Atualizado às 7h35
Últimos destaques
Nos Estados Unidos, senadores dos partidos Republicano e Democrata e a Casa Branca chegaram a um acordo sobre um plano federal de estímulos de US$ 2 trilhões (o equivalente a R$ 10,2 trilhões, valor superior ao do PIB do Brasil em 2019) para aliviar as consequências da pandemia do coronavírus sobre a economia do país. O pacote deverá auxiliar trabalhadores, empresas e o sistema de saúde.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.