Últimas notícias sobre a crise no preço do petróleo de 10 de março

Bolsas europeias abriram estáveis e com leve alta um dia após turbulência nos mercados causada por guerra de preços do petróleo entre Rússia e Arábia Saudita. Um dia após a turbulência no mercado financeiro provocada pela guerra de preços do petróleo entre Rússia e Arábia Saudita, a commodity era negociada com alta de mais de 10% nesta terça-feira (10), após tombo de mais de 25% na véspera.
Por volta das 7h50, os contratos futuros do barril de Brent tinham alta de 9,72%, US$ 37,70 na venda, em Londres, enquanto o barril WTI, nos EUA, tinha alta de 10,47%, a US$ 34,39, segundo dados da Bloomberg.
Em meio a perdas globais, causadas também pelos efeitos do novo coronavírus na economia mundial, as bolsas europeias abriram estáveis e com alta de mais de 3% nesta terça. Somente a Bolsa de Valores de Moscou, na Rússia, fugiu à regra e caiu 14% na abertura do mercado. No começo da jornada, as maiores perdas estavam ligadas aos títulos das companhias de petróleo e gás russos.
O índice FTSE 100 de Londres, na Inglaterra, subia 1,8% após a abertura. O DAX 30 de Frankfurt, na Alemanha, ganhava 1,2%. O CAC 40 de Paris, na França, apresentava alta de 1,29% no início da sessão. O Ibex 35, de Madrid, na Espanha, iniciou o dia em leve alta de 1,07. O FTSE de Milão, na Itália, subia 1%.
Na véspera, os principais índices europeus fecharam em queda acima de 7%, valor mínimo em oito meses.
Na Ásia, as bolsas também tiveram leve alta nesta terça-feira. A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão de terça-feira em leve alta de 0,85%. O índice Nikkei ganhou 168,36 pontos, a 19.867,12 unidades.
Bolsas da Ásia fecham em alta nesta terça-feira (10)
Initial plugin text

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.