Uber retoma testes com carros autônomos após acidente fatal


De acordo com o jornal The New York Times, a empresa adotou precauções como a redução da velocidade dos veículos e da carga horária dos motoristas. Carro autônomo da Uber em testes nos EUA
Aaron Josefczyk/Reuters
A Uber retomou na última quinta-feira (20) seus testes com carros autônomos após um deles atropelar e matar uma pedestre no início deste ano. As informações são do jornal The New York Times.
Buscando mais segurança, a empresa fez algumas alterações nos testes. Agora, os veículos trafegam a uma velocidade máxima de 40 km/h, contra os 89 km/h anteriores.
Os dois motoristas, que assumem a direção em caso de falhas, farão turnos de 4 horas, ante a carga de até 10 horas realizada antes do incidente. Nenhum passageiro, além dos motoristas, será transportado nos veículos.
Outra mudança está no itinerário. Os veículos operarão em um circuito limitado em Pittsburgh, de área comercial, apenas durante a semana e durante o dia.
Ainda segundo o jornal, a Uber também colocou carros autônomos nas ruas de Toronto e São Francisco. Nestes locais, porém, os veículos trafegam em modo manual – ou seja, controlados por motoristas.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.