Twitter deletou mais de 10 mil contas por desencorajar votos nas eleições dos EUA

Empresa afirma que as contas tentavam dissuadir americanos de ir às urnas na terça-feira. O voto não é obrigatório lá. O Twitter deletou mais de 10 mil contas acusadas de tentar dissuadir eleitores de votar nas eleições dos Estados Unidos, que acontecem na próxima terça-feira (6). A informação foi veiculada pela agência Reuters, que recebeu o comunicado da rede social por e-mail.
As contas faziam parecer que eram vinculadas ao partido Democrata, que denunciou as postagens ao Twitter. Segundo o porta-voz informou, as contas foram romovidas entre o final de setembro e começo de outubro deste ano.
O número de exclusões é pequeno, considerando que o Twitter anunciou em julho que baniu mais de 70 milhões de contas, acusadas de espalhar desinformação antes das eleições de 2016 nos EUA.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.