'Tem que perguntar a eles', diz Ilan sobre permanência no BC


O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn
Beto Nociti/Banco Central
Indagado pelo blog na tarde desta quinta-feira (8), no Aeroporto de Brasília, sobre se permaneceria no comando do Banco Central, o presidente Ilan Goldfajn respondeu sorrindo: “Tem que perguntar a eles”.
A permanência de Ilan já foi ventilada pelo novo governo. Há poucos dias, o economista Paulo Guedes, futuro superministro da Economia de Jair Bolsonaro, afirmou que seria “natural” que o atual presidente do BC permanecesse no comando da instituição.
Tanto Ilan quando Guedes são defensores da independência do Banco Central, com mandatos de quatro anos para o presidente da instituição, entre o fim de um mandato de presidente da República e o início de outro.
O governo eleito deseja aprovar a autonomia do BC ainda neste ano. O próprio Ilan Goldfajn esteve no Congresso nesta semana para pedir aos líderes partidários a aprovação do projeto.

Editoria de Arte / G1

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.