Renault nomeia novos executivos após renúncia de Carlos Ghosn


Nova liderança da montadora é formada por Jean-Dominique Senard e Thierry Bolloré. Ghosn está preso no Japão desde novembro passado por acusações de sonegação e fraude. Jean-Dominique Senard, novo presidente da Renault, e Thierry Bolore, que assume como CEO da montadora após a renúncia de Carlos Ghosn
Philippe Wojazer/Reuters
A Renault nomeou nesta quinta-feira (24) os novos líderes da montadora após a renúncia do brasileiro Carlos Ghosn, que está preso no Japão desde novembro passado por acusações de sonegação e fraude.
Jean-Dominique Senard foi escolhido como o novo presidente da Renault e Thierry Bolloré nomeado CEO da montadora francesa, formando uma nova dupla para comandar a empresa.
Bolloré, de 55 anos, estava comandando a Renault como “chefe” interino desde a prisão de Ghosn, enquanto Senard, de 66 anos, era chefe da fabricante de pneus Michelin.
“É importante hoje encontrar serenidade após os eventos particularmente complexos que acabamos de viver”, declarou Senard após reunião do conselho administrativo em Boulogne-Billancourt, perto de Paris.
Carlos Ghosn
Charles Platiau/Reuters
Futuro da aliança
O conselho insistiu na prioridade que o novo presidente deve dar à aliança com Nissan e Mitsubishi, que se encontra numa situação delicada desde a prisão do ex-líder do grupo, que dirigia a Renault desde 2005, há mais de dois meses.
O ministro francês da Economia, Bruno Le Maire, elogiou as nomeações.
“Uma nova página da história da Renault começa a ser escrita. Desejo sucesso a Jean-Dominique Senard e Thierry Bolloré. A aliança Renault-Nissan deve continuar como número 1 mundial e continuar a ser motivo de orgulho de seus funcionários”, escreveu no Twitter.
Ainda não está definido quem será o novo líder da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, que foi uma criação de Carlos Ghosn.
Initial plugin text

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.