Qualicorp defende acordo com acionista; ação sobe 10,9%

Acordo envolveu promessa de pagamento de R$ 150 milhões ao acionista José Seripieri Filho, presidente do conselho de administração da empresa A Qualicorp defendeu nesta terça-feira (2) o acordo de não competitividade anunciado na véspera com seu fundador e acionista, o que levou a ação da empresa de planos de saúde a desabar quase 30%.
“O conselho de administração decidiu por unanimidade ser no melhor do interesse da companhia contratar com o acionista um alinhamento de longo prazo envolvendo obrigação de não alienação de ações e não competição de negócios”, afirmou a Qualicorp.
“A decisão decorreu de análise e debates, ao longo de vários meses, com a consultoria de renomados especialistas de diversas áreas levando em consideração as práticas e referências de mercado”, acrescentou a companhia no comunicado.
O acordo envolveu promessa de pagamento de R$ 150 milhões ao acionista José Seripieri Filho, presidente-executivo e do conselho de administração da empresa que, em contrapartida, prometeu não vender sua fatia de 15% do capital da empresa por um período de seis anos.
“O conselho entende que o valor indenizatório pago ao acionista é adequado, dentro de parâmetros de mercado e representa importante contribuição de valor para a companhia, na medida em que não havia até então mecanismo de proteção dessa natureza”, afirmou a Qualicorp.
Nesta terça-feira, a ação da Qualicorp avançou 10,9% na bolsa paulista.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.