Produtores estão otimistas com safra de amendoim


Interior de São Paulo tem a maior produção de amendoim do Brasil Produtores estão otimistas com safra de amendoim
Reprodução/TV TEM
O Centro-Oeste de São Paulo é a maior região produtora de amendoim do Brasil. O clima e a terra são favoráveis ao plantio. Edson cultiva a semente há mais de 20 anos e está otimista com a safra atual, que deve ser bem diferente da anterior.
Ele explica que choveu bem e isso permitiu um melhor desenvolvimento da planta. Os grãos ficaram mais pesados e deram um resultado 20% melhor nas sacas.
A Conab prevê uma produção 19% maior que a do ano passado, atingindo 482,3 mil toneladas. Na lavoura do Edson, a produtividade deve saltar de 140 sacas/hectare para 200 sacas/hectare.
É um bom desempenho que não dá para atribuir apenas ao clima. O investimento em tecnologia e no controle de doenças vem dando resultado.
(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em (01/03/2020)
Produtores estão otimistas com safra de amendoim
Depois de arrancados, os pés de amendoim ficam secando em média de 4 a 5 dias ao ar livre. Isso facilita o trabalho das colheitadeiras. Nesta safra, os produtores estão encurtando esse tempo para 2 a 3 dias. O motivo é a preocupação com as chuvas acima da média nesta época.
Márcio Ferreira plantou cedo e começou o arranquio na primeira metade de fevereiro. Ele sentiu as consequências das chuvas fortes. Agora, tá acelerando a colheita e investindo na secagem. Ele espera uma produtividade em torno de 190 sacas por hectare.
O agrônomo Rafhael Luiz diz que a estratégia usada por Márcio e por outros agricultores da região de Tupã, deixando o amendoim menos tempo no sol e levando a produção para o secador, é a mais indicada quando o tempo está chuvoso. Isso evita perdas e conserva a saúde do grão.
Acesse + TV TEM | Programação | Vídeos | Redes sociais
Confira as últimas notícias do Nosso Campo

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.