Preço médio dos imóveis residenciais caiu 1,7% nos primeiros 4 meses do ano, diz FipeZap


Variação leva em conta aumento de preços inferior à inflação esperada para o mesmo período. Brasília foi uma das cidades com maior aumento de preços nos imóveis nos primeiros 4 meses de 2019
Karina Trevizan/G1
De janeiro a abril de 2019, o preço médio dos imóveis anunciados teve queda de 1,7%, segundo pesquisa FipeZap divulgada nesta terça-feira (7). O número leva em conta uma alta de 0,38% nos preços – variação menor que a inflação de 2,12% esperada para o mesmo período.
A pesquisa monitora os preços de anúncios de imóveis em 50 cidades do Brasil. Entre as capitais, 4 tiveram aumento acima da inflação nos primeiros 4 meses do ano: Brasília (3,72%), Manaus (3,7%), Goiânia (2,73%) e Florianópolis (2,66%). Já entre as maiores quedas de preço no mesmo período ficaram João Pessoa (-5,91%), Curitiba (-2,62%), Campo Grande (-1,27%) e Recife (-1%). As variações não consideram a inflação.
A cidade com o preço mais alto por metro quadrado segue sendo o Rio de Janeiro, com R$ 9.476, seguida por São Paulo, com R$ 8.899.
Em 12 meses, o preço médio dos imóveis subiu 0,26%, abaixo da inflação de 4,97% esperada para o mesmo período. Na passagem de março para abril, houve alta de 0,14%, contra inflação esperada de 0,6%.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.