Petrobras inicia operação de plataforma P-69 no campo de Lula


Plataforma tem capacidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhões de metros cúbicos de gás natural. Plataforma P-69 da Petrobras, em imagem de 2017
Divulgação
A Petrobras iniciou na véspera, com seus parceiros do Consórcio BM-S-11, a produção de petróleo e gás natural na área de Lula Extremo Sul, no pré-sal da Bacia de Santos, por meio da plataforma P-69, a oitava unidade instalada no campo de Lula, disse a petroleira nesta quarta-feira (24) em comunicado.
A plataforma, do tipo FPSO (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás), está localizada a aproximadamente 290 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro e tem capacidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.
Conforme a Petrobras, a P-69 irá produzir por meio de oito poços produtores, tendo também sete poços injetores.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.