Obras de hospital do Pacaembu avançam e já tem divisórias para 200 leitos


Prefeitura não precisou a data da conclusão, mas deu prazo de no máximo 10 dias. Unidade atenderá pacientes de baixa complexidade e contratará 599 enfermeiros; Hospital de campanha em Guarulhos, na Grande SP, deve ser entregue na próxima sexta-feira (27). Leitos no Pacaembu devem ficar prontos em dez dias
O Hospital de campanha do Pacaembu, que funcionará dentro do estádio na região central de São Paulo, deve ficar pronto nos próximos dias. Com 80 pessoas trabalhando, as obras estão avançadas. Já foram colocadas as divisórias dos 200 quartos para pacientes de baixa complexidade. As obras começaram no domingo (22) e devem terminar em até dez dias.
O Hospital Albert Einstein informou que vai contratar cerca de 599 enfermeiros para trabalhar neste hospital no Pacaembu. Ao todo, a categoria vai somar 42% das 1.426 vagas disponibilizadas para profissionais da saúde. Eles irão reforçar a equipe médica na atuação contra a pandemia do novo coronavírus em São Paulo.
Em Guarulhos, o hospital de campanha deve ficar pronto até próxima sexta-feira (27). O centro de triagem terá 57 leitos, 10 deles para emergência equipados com respiradores para atender a pacientes infectados com o novo coronavírus.
Contratos de 3 meses
Construção de leitos para receber pacientes com coronavírus no Pacaembu
Segundo o hospital Albert Einstein, responsável pelo Hospital de campanha Pacaembu, também serão contratados médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, auxiliar de farmácia, psicólogos, técnicos de raio-x, profissionais de apoio, como assistente de atendimento, cozinheiro, auxiliar de cozinha e camareiro.
Os contratos terão duração inicial de três meses, com possibilidade de prorrogação. As inscrições podem ser feitas aqui.
O Einstein será responsável pela gestão e operação do hospital de campanha no Pacaembu. O espaço terá equipamentos e insumos, além de profissionais para atender os pacientes.
Paralelamente ao espaço no estádio, a administração do Einstein está montando outro hospital de campanha, desta vez no terreno do próprio estacionamento. O espaço terá 31 leitos destinados a pacientes do Einstein que precisam de internação com cuidados de baixa complexidade.
Em nota, o Einstein informou que a “estrutura será voltada ao atendimento de pacientes referenciados pela rede pública, ou seja, basicamente pacientes que passaram pelas Unidades Básicas de Saúde do SUS e que precisam de internação com cuidados de baixa complexidade. Com isso, o objetivo é atender à demanda por atendimento de baixa complexidade, de forma a liberar vagas para atendimentos de maior complexidade nas unidades de saúde tradicionais.”
Tenda de 6,3 mil m²
A construção do hospital de campanha decorre da formalização de uma parceria entre o Allegra Pacaembu, que adquiriu a concessão para a exploração do estádio e do complexo, com a Prefeitura.
A tenda de 6,3 mil m² está sendo erguida por 80 funcionários e a previsão é de que a obra termine em até 10 dias.
egundo a Prefeitura de São Paulo, mais 1.800 leitos serão colocados no Complexo do Anhembi, na Zona Norte da capital, onde fica localizado o sambódromo. No total, os dois locais abrigarão 2.200 leitos para receber pacientes com coronavírus de baixa complexidade hospitalar.
Os pacientes que terão vagas em leitos nestes locais serão definidos pela Secretaria Municipal de Saúde, após terem passado por outros hospitais ou unidades básicas de saúde, onde será feita uma triagem.
Segundo a Prefeitura, a Allegra Pacaembu tem dentre suas sócias a Progen, uma empresa com experiência em montagem de estruturas provisórias e também na construção de hospitais de campanha com tendas.
O Complexo do Pacaembu estará fechado para o público em geral e para a prática esportiva durante toda essa operação.
Começa a construção de hospital de campanha para receber pacientes com coronavírus no Pacaembu
Prefeitura de SP/divulgação
Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença
Infografia/G1
Initial plugin text

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.