Norwegian pode voar para São Paulo no futuro, diz CEO da companhia


Companhia de baixo custo anunciou nesta terça que vai operar entre Londes e Rio de Janeiro a partir de março de 2019. O CEO da Norwegian, Bjorn Kjos, disse nesta terça-feira (27) que a companhia aérea de baixo custo pode voar para São Paulo no futuro, embora não tenha precisado uma data.
A companhia anunciou que vai operar entre o aeroporto londrino de Gatwick e o Rio de Janeiro a partir de 31 de março de 2019. Este será o segundo destino da empresa para a América Latina. Desde fevereiro deste ano, a Norwegian já opera a rota entre Londres e Buenos Aires.
Avião da Norwegian, empresa aérea de baixo custo que vai operar no Rio de Janeiro

“Escolhemos o Rio de Janeiro por ser um destino turístico muito conhecido na Europa. Mas não nos esquecemos de São Paulo”, afirmou Kjos em conferência. “No futuro poderemos chegar a São Paulo.”
Os voos de ida partem do Rio de Janeiro às 22h25 e chegam às 13h35 no Aeroporto de Gatwick. Já os voos de volta saem de Londres às 12h e chegam ao Rio às 19h25. Os voos ocorrerão quatro vezes por semana (segunda-feira, quarta-feira, sexta-feira e domingo).
O preço para o consumidor pode variar bastante, no que a empresa define como uma experiência do consumidor. Na classe econômica, por exemplo, a passagem mais barata será oferecida por R$ 1,2 mil, mas ela só dá direito a uma bagagem de mão de 10 quilos.
Nessa categoria, ao optar por este valor, o consumidor terá de pagar a mais pela:
Bagagem despachada
Reserva de lugar
Refeições a bordo
Na cabine premium, o preço da passagem sobe para R$ 2,8 mil. Nessa categoria, o consumidor tem direito a bagagem de mão e despachadas, reserva de lugar e refeições a bordo.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o Norwegian a operar vôos no Brasil em agosto deste ano. O pedido da companhia foi feito em julho.
Por ora, a empresa informou que não tem planos de fazer rotas internas no Brasil. Segundo Kjos, o mercado local está bem servido. “O Brasil é um mercado muito interessante, mas não temos planos de entrar no mercado doméstico”, disse.
Em novembro, a chilena Sky Airlines iniciou os primeiros voos de baixo custo entre Santiago do Chile e o aeroporto do Galeão, no Rio. São seis voos semanais entre as duas cidades durante a alta temporada.
A empresa
A Norwegian opera em cerca de 500 rotas para mais de 150 destinos. A empresa é a quinta maior companhia de baixo custo do mundo e tem 10 mil funcionários no mundo.
Em média, os aviões da companhia têm 3,7 anos, o que, segundo a empresa, reduz o custo da operação e ajuda na manutenção do baixo custo.
No terceiro trimestre deste ano, o resultado da companhia medido em Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) foi de R$ 1,025 bilhão, um crescimento de 14% na comparação com mesmo período de 2017.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.