Na quaresma, peixes estão mais caros e a carne bovina parou de subir na região de Ribeirão Preto, SP


Filé de peixe merluza era vendido por R$ 23,90 e agora está R$ 25,90. Aumento será de pelo menos 40%. Alta do dólar tem impacto no preço dos pescados, segundo consultor. Na quaresma, peixes já estão mais caros e a carne bovina parou de subir
Com o início da quaresma, a carne vermelha começa a ficar mais barata. Em contrapartida, o preço do peixe aumenta, pelo menos, 40%, segundo os comerciantes da região de Ribeirão Preto (SP). O filé de peixe merluza já subiu.O quilo passou de R$ 23,90 para R$ 25,90.
Segundo o empresário Adriel Santos Domingos, dono de uma peixaria em Franca (SP), as vendas costumam aumentar 70%, principalmente, na véspera da sexta-feira santa. “É o nosso Natal. É onde a gente deposita todas as expectativas nesse período de 45 dias”, diz.
A comerciante Renata Lombardi conta que desde criança não come carne vermelha entre o Carnaval e a Páscoa, em respeito à tradição da Igreja Católica.
“A gente prefere comer peixe. É mais leve, mais saudável também. Minha filha ama peixe, meu esposo também, então é preferência na família toda. Sempre foi assim. Vai passando de pai para filho, de filho para as netas”, afirma.
A comerciante Renata Lombardi não come carne bovina durante a quaresma na região de Ribeirão Preto, SP
Reprodução/ EPTV
Com o movimento nesta época do ano nas peixarias, a procura pelos açougues diminui. O preço da carne subiu 32% em média no ano passado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desde o início de 2020, já apresentou queda nos valores.
O quilo do coxão mole que estava R$ 35 em dezembro, agora custa R$ 32. O quilo do acém também teve queda. Passou de R$ 24 para R$ 19,90.
O açougueiro Marcelo Cardoso Pradela diz que o preço pode cair ainda mais durante a quaresma. Para atrair a clientela de volta, ele faz receitas diferentes para oferecer ao público.
“A queda nas vendas caiu bastante, em média de 20%. Por isso, faço um pouco de carne temperada ou linguiça, que facilita a procura do pessoal”, diz.
Com o início da quaresma, preço do peixe já está mais caro na região de Franca (SP) e Ribeirão Preto (SP)
Reprodução/ EPTV
Alta do dólar
A alta do dólar, que chegou a R$ 4,44 na quarta-feira de cinzas, tem impacto no preço do peixe, já que, algumas espécies são produzidas no exterior, como o salmão e o bacalhau, de acordo com o consultor de agronegócios José Carlos de Lima Júnior.
“O bacalhau é comprado em moeda estrangeira. Com esse recente aumento, teve um encarecimento do quilo do peixe importado. A tendência é que os peixes de água salgada fiquem um pouco mais caros do que os de água doce”, explica o consultor.
José Carlos completa que entre a quaresma e a Páscoa, a tendência é de aumento nos valores dos peixes. “Se a procura pelo mercado for muito intensa, esse preço, que está alto, pode aumentar no final do período da quaresma”, destaca.
Venda de peixes aumenta na Quaresma na região de Ribeirão Preto, SP
Reprodução/EPTV
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.