Lucro da Azul cai 41,5% no 3º tri, para 117 milhões


A receita líquida alcançou o valor recorde de R$ 2,44 bilhões, um crescimento de 23% na comparação anual. Avião da Azul no pátio do Aeroporto Internacional de São Paulo – Cumbica (GRU), em Guarulhos
Celso Tavares/G1
A companhia aérea Azul registrou lucro líquido de R$ 116,6 milhões no 3º trimestre, uma queda de 41,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. No 2º trimestre, a empresa registrou prejuízo de R$ 45 milhões, em meio aos impactos da greve dos caminhoneiros.
O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, mais custos com leasing de aeronaves (Ebitdar, na sigla em inglês) atingiu R$ 675,4 milhões no período de julho a setembro, acréscimo de 7,6% na mesma comparação.
A receita líquida alcançou o valor recorde de R$ 2,44 bilhões, um crescimento de 23% ante o 3º trimestre de 2017.
A companhia informou que o número de passageiros transportados no período aumentou 20,2%, impulsionado por um aumento de 19,3% na capacidade da frota, e que a taxa de ocupação atingiu 83,7%, 0,6 ponto percentual acima da registrada 1 ano antes.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.