Ilan apresentou projeto de autonomia do Banco Central em reunião na Câmara, dizem líderes


Presidente da instituição também defendeu que texto seja votado ainda neste ano. Proposta prevê mandato fixo para a diretoria, não coincidente com o do presidente da República.
Líderes da Câmara disseram que, em reunião nesta quarta-feira (7), o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, apresentou uma proposta de autonomia da instituição. Ainda de acordo com os deputados, o presidente do BC pediu para o projeto ser aprovado ainda neste ano.
Ilan não quis falar com a imprensa após a reunião. Defensores da autonomia do BC argumentam que a medida dará mais proteção contra possíveis ingerências políticas no trabalho da instituição.
Um dos pilares do projeto prevê mandato fixo para a diretoria, não coincidente com o do presidente da República.
Entre outras missões, o BC é o responsável pelo controle da inflação e a garantia do poder de compra da população.
“O apelo do presidente [do BC] foi para que pudéssemos avançar [no tema] e, esse ano ainda, pudéssemos ter a mesma condição dos 50 países mais riscos que já têm esse sistema funcionando”, afirmou o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).
O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn
Beto Nociti/Banco Central

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.