Harley-Davidson anuncia troca de presidente; ex-Puma assume


Matthew Levatich deixa comando da empresa após 5 anos. Alemão Jochen Zeitz foi nomeado como presidente em exercício. Jochen Zeitz, ex-Puma, é novo presidente em exercício da Harley-Davidson
Divulgação
A Harley-Davidson anunciou a troca do atual comando mundial da empresa. Matthew Levatich deixa a presidência da fabricante norte-americana de motos após 5 anos no cargo.
Durante a sua chefia, a marca enfrentou dificuldades nas vendas globais e buscou entrar em novos segmentos, como a dos veículos elétricos. Em seu lugar, o alemão Jochen Zeitz, ex-Puma, foi nomeado como presidente em exercício.
No ano passado, a Harley lançou a LiveWire, a primeira moto elétrica de sua história, em uma virada importante para uma empresa acostumada a motos com grandes motores movidos à gasolina. Levatich estava há 26 anos na empresa e também atuava como CEO da marca.
“Estou orgulhoso do que alcançamos durante meu tempo como CEO, em um dos períodos mais desafiadores da nossa história, e estou confiante de que o progresso que fizemos no plano ‘More Roads’ posicionará a Harley-Davidson para o sucesso a longo prazo”, disse Levatich, em comunicado.
Matthew Levatich deixou a presidência da Harley-Davidson após 5 anos
Rafael Miotto/G1
O ex-presidente se refere ao plano que, além de modelos elétricos, levará a Harley a ter uma moto aventureira e até modelos de baixa cilindrada.
Quem é Jochen Zeitz
Jochen Zeitz é membro do Conselho de Administração da Harley-Davidson desde 2007 e estabeleceu o Comitê de Marca e Sustentabilidade da Companhia. Ele atuou como Presidente e CEO da empresa de artigos esportivos Puma de 1993 a 2011.
G1 andou na Harley-Davidson elétrica; assista
Harley-Davidson LiveWire elétrica: G1 avalia o modelo

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.