Exportações de frango sobem 2,6% em março, a 349,5 mil t, diz associação; suíno também avança


Setores movimentaram US$ 718,5 milhões no período. Frigorífico de carne suína
Reprodução/TV Morena
As exportações brasileiras de carne de frango, considerando produtos in natura e processados, totalizaram 349,5 mil toneladas em março, alta de 2,6% na variação anual, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta sexta-feira (3).
Em março de 2019, o Brasil embarcou 340,5 mil toneladas de carne de frango, ressaltou a associação.
A receita do mês passado chegou a US$ 552,5 milhões, recuo de 1,7% ante igual período de 2019, quando foram obtidos US$ 562,2 milhões com as vendas externas de frango.
No acumulado do trimestre, foram exportadas 1,021 milhão de toneladas, volume 8,8% maior que as 939 mil toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado. 
A receita trimestral ficou em 1,635 bilhão de dólares, alta de 6% na variação anual.
“Mesmo com os impactos gerados pelo Covid-19, o setor segue desempenhando seu papel estratégico de auxílio à segurança alimentar”, disse em nota o presidente da ABPA, Francisco Turra.
Carne suína
As exportações brasileiras de carne suína, incluindo o produto in natura e processado, totalizaram 72,1 mil toneladas em março, alta de 31,45% ante as 54,8 mil toneladas registradas um ano antes.
Com os embarques, o país faturou US$ 166 milhões, avanço de 56,1% em relação aos US$ 106,3 milhões faturados em março de 2019.
No trimestre, os embarques do setor chegaram a 208 mil toneladas, alta de 32% na variação anual. Em receita, houve aumento de 62,6%, com 485,1 milhões de dólares faturados de janeiro a março.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.