Em resposta a Macron, governo diz que soja brasileira 'não exporta desmatamento'

Presidente francês disse que depender da soja brasileira é ‘endossar desmatamento da Amazônia’. Ministério da Agricultura respondeu que fala mostra ‘completo desconhecimento’. O Ministério da Agricultura divulgou uma nota nesta quarta-feira (13) na qual afirmou que a produção de soja no país é sustentável e que o grão “não exporta desmatamento”.
A nota foi uma resposta a uma declaração do presidente da França, Emmanuel Macron. Nesta terça (12), Macron disse que depender da soja brasileira é “endossar o desmatamento da Amazônia”. Disse também que não é “coerente” importar o grão “a partir da floresta destruída no Brasil”.
“A declaração do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a soja brasileira mostra completo desconhecimento sobre o processo de cultivo do produto importado pelos franceses e leva desinformação a seus compatriotas”, afirmou o Ministério da Agricultura nesta quarta.
“O Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo, abastecendo mais de 50 países com grãos, farelo e óleo. Detém domínio tecnológico para dobrar a atual produção com sustentabilidade […]. A soja brasileira, portanto, não exporta desmatamento”, acrescentou a pasta.
‘Depender da soja brasileira é endossar o desmatamento da Amazônia’, diz Macron
Mais cedo, nesta quarta-feira, o vice-presidente Hamilton Mourão, que chefia o Conselho Nacional da Amazônia, afirmou que Macron externou interesses protecionistas ao criticar a soja brasileira.
Mourão afirmou também que a presença de soja na Amazônia “é ínfima”, mas que a capacidade de produção brasileira é “imbatível”.
“Macron desconhece a produção de soja do Brasil. Nossa produção de soja é feita no cerrado ou no sul do país”, afirmou o vice-presidente.
Íntegra
Leia a íntegra da nota do Ministério da Agricultura:
Nota Oficial – Sustentabilidade da soja brasileira
O Brasil tem uma das legislações ambientais mais rigorosas do mundo e utiliza tecnologias reconhecidas que ampliaram a sustentabilidade de sua produção agropecuária.
A declaração do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a soja brasileira mostra completo desconhecimento sobre o processo de cultivo do produto importado pelos franceses e leva desinformação a seus compatriotas.
O Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo, abastecendo mais de 50 países com grãos, farelo e óleo. Detém domínio tecnológico para dobrar a atual produção com sustentabilidade, seja em áreas já utilizadas, seja recuperando pastagens degradadas, não necessitando de novas áreas. Toda a produção nacional tem controle de origem.
A soja brasileira, portanto, não exporta desmatamento.
Atenciosamente,
Coordenação-Geral de Imprensa
Assessoria Especial de Comunicação Social – AECS
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.