Dona de fábrica já mudou a produção duas vezes para se adaptar à crise gerada pela pandemia

Empresa fabricava expositores para lojas e passou a produzir equipamentos de proteção contra a Covid-19. O mercado para esses produtos saturou e agora a produção é focada em escrivaninhas, aparadores e gaveteiros. Dona de fábrica já mudou a produção duas vezes para se adaptar à crise gerada pela pandemia
Nove em cada dez pequenos empreendedores transformaram o negócio para se adaptar à pandemia do coronavírus, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Claudia Taitelbaum é um exemplo. Ela precisou mudar sua produção duas vezes no último ano.
Veja todos os vídeos do PEGN
Claudia é dona de uma fábrica de expositores, mobiliários e displays para lojas desde 2010. Para sobreviver à pandemia, se reinventou e passou a fazer máscaras face shield, totem de álcool gel e barreiras de proteção.
Usando o mesmo maquinário e a mão de obra, a empresa rapidamente redirecionou a produção e recuperou o faturamento. Essa adaptação foi mostrada no PEGN em agosto.
A empresária chegou a faturar R$ 500 mil por mês com esses produtos, mas as vendas tiveram uma grande queda. O mercado saturou e os materiais são duradouros.
No final de 2020, a empresária percebeu que uma nova onda do coronavírus, com mais restrições, chegaria em 2021. Ela fez, então, a segunda adaptação na produção, em plena pandemia.
Como as pessoas estão em casa, em fevereiro deste ano, a fábrica passou a produzir escrivaninhas, aparadores e gaveteiros.
Claudia deixa três lições importantes:
Rapidez: nas duas mudanças, ela redirecionou toda a produção em 15 dia.
Uso de novas tecnologias: a empresa vende pelo site, redes sociais e WhatsApp.
Atenção: ela conseguiu identificar e satisfazer as novas necessidades do consumidor.
O estudo da FGV também revelou que 49% dos empresários entrevistados buscaram novos negócios na pandemia.
Agora, Claudia está vendendo 600 produtos para casa por mês. Hoje o faturamento da fábrica está em R$ 350 mil mensais.
“Fazia muito tempo que eu não trabalha tanto quanto eu trabalhei o ano passado e este agora. A demanda existe. Tem que identificar onde ela está”, afirma a empresária.
Exhimia Home
Rua Abílio Borin 35, galpão 6 – Jardim Caravelas
São Paulo/SP – CEP: 04727-030
Telefone: 11 23651238
E-mail: atendimento@exhimiahome.com.br
www.exhimiahome.com.br
Facebook: exhimia home
Instagram: @exhimiahome
Veja os vídeos mais assistidos do PEGN:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.