Dólar sobe seguindo exterior após Trump ameaçar China

Na sexta-feira, o dólar caiu 0,51%, a R$ 3,9390. Na semana passada, no entanto, teve alta de 0,2%. O dólar opera em alta nesta segunda-feira (6), com aversão ao risco no exterior após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar elevar tarifas sobre a China, um novo revés em uma disputa comercial que já dura meses.
Às 9h09, a moeda norte-americana subia 0,75%, vendida a R$ 3,9685. Veja mais cotações.
Na semana passada, os trabalhos para aprovar a reforma da Previdência ficaram pausados por corta do feriado, e a expectativa é que a discussão seja retomada na comissão especial nesta terça-feira (7).
Na sexta-feira, a moeda norte-americana fechou vendida a R$ 3,9390, em queda de 0,51%. Na semana passada, o dólar acumulou alta de 0,20%. Em 2019, subiu 1,67%.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.