Denúncia envolvendo problema de consumo cresce 726% na pandemia, diz Procon-SP


Maior parte das denúncias tem a ver com preços abusivos de produtos. As denúncias envolvendo problemas de consumo aumentaram 726% como o avanço da pandemia de coronavírus nas últimas semanas, de acordo com o balanço da Fundação Procon-SP divulgado nesta segunda-feira (13).
Segundo a entidade, em 19 de março, quando os relatos começaram a ser recebidos, foram registradas 394 denúncias. Em 9 de abril, esse número saltou para 3.254. A maior parte das denúncias – 58% do total – tem a ver com preços abusivos de produtos.
Fiscal do Procon-SP
Divulgação
No caso específico do álcool gel, o crescimento das denúncias por aumento de preço abusivo foi de 665%, subindo de 247 para 1.889 no período analisado. “É inadmissível que empresas aumentem de forma abusiva os preços de itens necessários à população durante a pandemia”, diz a entidade.
Nessa época de pandemia, a Fundação Procon-SP tem orientado os consumidores a enviarem relatos por meio das redes sociais sobre eventuais problemas.
Initial plugin text

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.