Curso de pilotagem de drone abre as portas do futuro para crianças e adolescentes

Empresários montaram escola para preparar crianças para o futuro. Curso de pilotagem de drone abre as portas do futuro para crianças e adolescentes
Três amigos de Curitiba montaram um negócio para preparar as crianças para o futuro. Eles abriram uma escola de pilotagem de drones. O aluno brinca e ao mesmo tempo entra em contato com o mundo mágico da tecnologia.
A startup foi criada em março de 2018 com investimento de R$ 100 mil. Em oito meses, 1500 alunos passaram pela escola. O foco é a educação 4.0: aprender por meio da experimentação.
Os sócios do negócio são Marcio Vieira, formado em TI e engenharia civil; Elton Niedzwiedz, formado em desing e especialista em tecnologia 3D; e Marcos Cavallim, engenheiro da computação.
“A ideia de criar o curso de pilotagem de drones para crianças se deu após o desenvolvimento de curso profissionalizante para adultos, onde decidimos inserir metodologia de ensino chamada stin, que inclui ciências, tecnologia, artes e matemática temática, engenharia e artes”, explica Elton.
No curso de pilotagem de drones, as crianças têm acesso a outras tecnologias. “Tem impressão 3D, realidade virtual, inteligência artificial, internet das coisas. Nosso objetivo é preparar crianças para o futuro e oferecer a eles novas possibilidades de esportes”, destaca Elton.
A escola oferece dois cursos com um ano de duração cada. O módulo 1, de pilotagem de drones, é indicado para estudantes de oito a 12 anos. O módulo dois é para jovens de 12 a 14 anos e dá noções de robótica e o aluno aprende a montar o drone. Os sócios também fazem parcerias para levar os cursos diretamente nas escolas. Eles já faturaram R$ 500 mil.
DRONE KIDS SCHOOL
Rua Dr. Corrêa Coelho, 741 – Jardim Botânico
Curitiba / PR – CEP: 80210-350
Telefone: (41) 99916-6778
E-mail: contato@dronekids.com.br
www.dronekids.com.br

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.