Conhecidas por patinetes e bicicletas compartilhadas, Grin e Yellow anunciam fusão


Da união das duas empresas irá nascer a Grow, que tem frota de 135 mil patinetes elétricos e bikes compartilhadas. Bicicletas sem estações
Divulgação/Yellow
As empresas de mobilidade compartilhada Grin e Yellow, famosas pelas bicicletas sem estação e pelos patinetes elétricos, anunciaram fusão nesta quarta-feira (30). O processo irá criar uma companhia chamada Grow.
Apesar da união das duas empresas, em nota elas esclarecem que, por enquanto, as marcas Grin e Yellow seguem operando de maneira inalterada nos mercados em que já atuam.
Após bicicletas, SP terá patinetes elétricas para compartilhamento
A nova companhia afirma ter frota de 135 mil patinetes e bicicletas em 7 países da América Latina, além de 1.100 funcionários. Nos últimos 6 meses as empresas afirmam ter realizado, conjuntamente, 2,7 milhões de viagens.
A Grow também teve acesso a uma nova linha de financiamento de US$ 150 milhões.
“A demanda por esses serviços cotidianos na América Latina é enorme e, combinando forças e recursos, poderemos nos mover mais rapidamente para atender mais usuários”, disse Sergio Romo, cofundador da Grin e presidente da Grow.
No Brasil, a Yellow está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Florianópolis, Campinas e São José dos Campos.
Mercado de entregas
Como a marca Grin tem parceria com o aplicativo de delivery colombiano Rappi, as duas empresas anunciaram que irão continuar a operação que já existe. O Rappi está disponível em 27 cidades, também em 7 países.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.