Brasil espera volatilidade nos preços dos alimentos devido ao coronavírus, diz secretário

Eduardo Sampaio, do Ministério da Agricultura, disse ainda que o governo prepara medida de apoio para os pequenos produtores rurais. O Brasil deve enfrentar um período de grande volatilidade nos preços de alguns alimentos diante da pandemia de coronavírus, e o governo planeja medidas de apoio aos produtores afetados pela crise, disse à Reuters nesta quinta-feira (2) o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio.
Sampaio disse que o governo pretende adiar o pagamento de dívidas agrícolas e aumentar o financiamento a produtores de frutas, vegetais, leite, flores e outros produtos frescos, que tendem a ser os mais afetados pela situação.
“Nossa preocupação é não desmontar a estrutura produtiva, para quando isso passar, a gente poder retomar rápido”, disse o secretário, acrescentando que espera que as medidas de apoio saiam na próxima semana, embora dependam também do Ministério da Economia.
Marques afirmou ainda que o mercado de grãos está se comportando bem, e que dessa forma produtores de soja e milho não serão foco das medidas.
Em relação aos preços de produtos agrícolas, o secretário disse que imagina um período de grande flutuação no futuro próximo, tanto para cima quanto para baixo, no mercado interno.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.