Bovespa opera em queda com cenário externo e Previdência

No dia anterior, o Ibovespa encerrou em baixa de 1,04%, aos 95.008 pontos. Comissão especial da reforma da Previdência realiza nesta terça (7) 1ª reunião de trabalho
O principal indicador da bolsa paulista, a B3, opera em queda nesta terça-feira (7), na expectativa das negociações entre China e EUA e com agentes financeiros também analisando resultados corporativos, à espera do andamento da reforma da Previdência no Congresso.
Às 11h25, o Ibovespa caía 1,81%, aos 93.289 pontos. Veja mais cotações.
As ações da Petrobras, Vale, Bradesco e Itaú Unibanco caíam ao redor de 2%.
O dólar chegou a bater R$ 4 no pregão desta terça, repercutindo também o cenário local e externo.
Investidores estão na expectativa para a primeira sessão da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisará a proposta de reforma da Previdência nesta terça-feira. Muitos estrategistas já esperam uma tramitação árdua e estão atentos à potencial desidratação do texto original.
No cenário externo, o governo da China disse que enviará sua principal autoridade aos Estados Unidos nesta semana para negociações comerciais, apesar de a Casa Branca ter ameaçado com novas tarifas. O representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, no entanto, disse que o aumento de tarifas, anunciado para sexta-feira, está mantido. Os mercados acionários da China fecharam com avanço nesta terça-feira.
No dia anterior, o Ibovespa encerrou em baixa de 1,04%, aos 95.008 pontos, acompanhando os mercados internacionais, com a volta da escalada de tensões comerciais entre a China e os Estados Unidos, após Donald Trump afirmar que elevará as tarifas sobre produtos chineses.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.