Bovespa opera em leve alta após queda de mais de 8% na última semana


Na sexta-feira, Ibovespa fechou em alta de 1,15%, a 104.171 pontos, mas acumulou queda de 8,37% na semana, no pior resultado semanal desde 2011. O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em leve alta nesta segunda-feira (2), após acumular queda de mais de 8% na semana passada.
Por volta das 10h32, o Ibovespa subia 0,01%, a 104.177 pontos. Veja mais cotações.
Já o dólar engata a nona sessão de alta seguida, sendo negociado próximo a R$ 4,50.
Na sexta-feira, o Ibovespa fechou em alta de 1,15%, a 104.171 pontos, mas registrou a pior semana desde 2011. No acumulado na semana, perdeu 8,37%, o pior resultado desde a semana encerrada no dia 5 de agosto de 2011, segundo a Economatica. O índice acumulou queda de 8,43% no mês e recuo de 9,92% no ano.
Entenda os impactos do avanço do coronavírus na economia global e brasileira
Bovespa fecha em alta de 1,15%, mas tem pior semana desde 2011
Tensão global
O avanço da epidemia do novo coronavírus pelo mundo tem provocado abalos nos mercados globais e elevado as preocupações de investidores e governos sobre o impacto da propagação do vírus nas cadeias globais de suprimentos, nos lucros das empresas e na desaceleração do crescimento da economia global.
Nesta segunda-feira, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reduziu a previsão de crescimento da economia mundial para 2020, passando a projetar um crescimento de 2,4%, menor expansão desde 2009 e ante expectativa anterior de 2,9%, citando o coronavírus e as contrações na produção chinesa.
Impacto local
O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou na sexta-feira à GloboNews que o coronavírus deverá levar à revisão na estimativa de Produto Interno Brasileiro (PIB).
A secretaria comandada por Sachsida é responsável por fixar as projeções oficiais do governo para a economia e chegou a anunciar em janeiro deste ano um aumento na previsão de crescimento, alterando a expectativa de 2,32% para 2,40%. Segundo o secretário, a nova revisão do número deve ser anunciada até o fim da semana que vem.
O mercado brasileiro reduziu para 2,17% a previsão a alta do PIB em 2020, segundo pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira, mas diversos bancos e consultorias já estimam um crescimento abaixo de 2%.
Variação do Ibovespa em 2020
Arte/G1

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.