Bolsas da China registram 4ª semana de perdas com tensões comerciais


Índice de Xangai acumulou perdas de 1,9% na semana, enquanto o CSI300 perdeu 2,2%. China diz que impacto econômico das tensões comerciais com os EUA é ‘controlável’. Investidor passa em frente a display de ações em Xangai, na China
Aly Song/Reuters
O mercado acionário da China fechou em baixa nesta sexta-feira (17), registrando a quarta semana consecutiva de perdas, devido principalmente à intensificação das tensões comerciais depois de os Estados Unidos terem colocado a empresa de tecnologia Huawei em uma lista negra.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 2,54%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 2,48%. O índice de Xangai acumulou perdas de 1,9% na semana, enquanto o CSI300 perdeu 2,2%.
O subíndice do setor financeiro caiu 2,3%, o de consumo teve queda de 2,6%, o imobiliário perdeu 3% e o de saúde recuou 2,5%
EUA e China travam nova rodada da guerra comercial; entenda
China diz que impacto econômico é ‘controlável’
O órgão de planejamento estatal da China disse nesta sexta-feira que os atritos comerciais com os EUA tiveram algum impacto sobre a economia chinesa, mas que isso é “controlável” e que medidas serão adotadas quando necessário “para manter as operações econômicas dentro de uma faixa razoável”.
Na quinta-feira, Washington colocou a fabricante de equipamentos de telecomunicações Huawei Technologies Co Ltd, uma das maiores e mais bem sucedidas empresas da China, em uma lista negra que pode tornar extremamente difícil para a empresa fazer negócio com companhias dos EUA.
Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,89%, a 21.250 pontos.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,16%, a 27.946 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,48%, a 2.882 pontos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 2,54%, a 3.648 pontos.
Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,58%, a 2.055 pontos.
Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,86%, a 10.384 pontos.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,77%, a 3.205 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,59%, a 6.365 pontos.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.