Bolsas da China fecham em alta por expectativas de pandemia próxima de pico

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,33%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,37%. Os índices acionários da China fecharam em alta nesta quinta-feira (9), acompanhando a força em outros mercados asiáticos por expectativas de que a pandemia de coronavírus possa estar se aproximando de um pico.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,33%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,37%.
O subíndice do setor financeiro do CSI300 terminou com alta de 0,2%, o de consumo avançou 0,12%, o imobiliário caiu 0,81% e o de saúde subiu 2,61%.
O que ajudou o sentimento foi a declaração do governador de Nova York, Andrew Cuomo, de que os esforços do Estado de distanciamento social estão funcionando para controlar o vírus em um dos principais centros da doença nos Estados Unidos.
Governo chinês suspende isolamento em Wuhan – cidade em que surgiu o novo coronavírus
Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,04%, a 19.345 pontos.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,38%, a 24.300 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,37%, a 2.825 pontos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,33%, a 3.792 pontos.
Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,61%, a 1.836 pontos.
Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,18%, a 10.119 pontos.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,26%, a 2.571 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 3,46%, a 5.387 pontos.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.