Banco central da China diz que vai manter taxa de juros estável

BC local também informou corte na taxa de compulsório dos bancos para liberar até US$ 116 bilhões para novos empréstimos. O banco central da China informou nesta sexta-feira (4) que vai manter a taxa de juros estável e avançar com a internacionalização do iuan, depois de cortar o compulsório bancário pela quinta vez consecutiva em um ano.
A China também vai resolver os riscos em seu setor financeiro, como sistemas bancários paralelos e inadimplência de títulos, informou o Banco do Povo da China em um comunicado em seu site.
Mais cedo nesta sexta-feira, o banco central disse que estava cortando a taxa de compulsório dos bancos para liberar até US$ 116 bilhões para novos empréstimos, enquanto tenta reduzir o risco de uma desaceleração econômica mais acentuada no país.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.