Atualização do Mozilla Firefox traz novos recursos que aumentam a privacidade do internauta


Otimizado, navegador tem novidades que trazem desempenho superior a 80% se comparado com a sua versão anterior. Firefox, um dos principais navegadores do mercado, traz atualizações que melhoram seu desempenho.
Reprodução/G1
O Mozilla Firefox, um dos principais navegadores de internet, disponibilizou uma nova versão nesta terça-feira (21). Principal concorrente do Google Chrome, a atualização vem repleta de recursos internos para proporcionar mais privacidade aos dados e velocidade durante a navegação na internet.
O que há de novo
Primeiramente, vale dizer que o navegador foi otimizado, podendo apresentar processamento superior a 80% se comparado com a sua versão anterior. Esse melhor desempenho, é resultado de menos consumo do dos recursos de hardware do computador.
Essa melhoria se deve a modificações implementadas no interpretador de JavaScript (linguagem de programação necessária para tornar as páginas html mais interativas) e no renderizador de CSS (recurso para a definição do desenho da página).
Também foi adicionado um recurso que monitora o consumo de memória RAM: quando ela estiver abaixo de 400 MB, o navegador suspenderá as guias não utilizadas.
Além de tornar a navegação mais fluida, o Mozilla Firefox conta com um controle de privacidade dos dados que pode ser facilmente configurado conforme as necessidades do usuário. Agora é possível impedir o rastreamento do tráfego de dados (navegação, leitores biométricos) e a execução maliciosa de criptomineradores embutidos em sites.
Navegador Firefox traz novidades em termos de privacidade.
Reprodução/G1
Outra função é a possibilidade de restringir trechos desnecessários de uma página, e que também possam comprometer a privacidade, exibindo uma notificação no navegador que oferece o a opção de bloquear conteúdo. Esse recurso é útil para impedir a coleta de dados sem o consentimento do internauta.
Nova versão do Firefox tem a opção de bloqueio de rastreadores.
Reprodução/G1
A aparência do programa permanece a mesma, mas aumentou a integração da barra de endereços com o que é digitado ou com os comandos de voz.
A nova versão do Mozilla Firefox está disponível gratuitamente para todas as plataformas.
Selo Ronaldo Prass
Ilustração: G1

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.