Arábia Saudita barra importação de frango de 5 frigoríficos brasileiros

Não foram esclarecidos os motivos da suspensão. Segundo a ABPA, 25 fábricas seguem habilitadas para vender a carne para o país árabe. A Arábia Saudita, maior importador de frango do Brasil, barrou a importação de 5 frigoríficos do país, afirma a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).
Segundo a entidade, o governo foi comunicado da medida na última segunda-feira (21), mas não foi detalhado o motivo da suspensão.
Em comunicado divulgado na tarde desta terça (22), a associação afirmou que ela foi causada por “critérios técnicos”. A ABPA informou ainda que “planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações.”
Ainda de acordo com a associação, entre os frigoríficos com exportações barradas estão um da JBS e um da BRF, que atuam fortemente no setor. O presidente da ABPA, Francisco Turra, disse ao G1 que ainda não tinha a lista completa das unidades suspensas porque não tinha recebido o comunicado dos países árabes.
Por conta disso, ele afirmou que também não é possível mensurar o impacto da suspensão na exportação de frango para a região. “Pode ser que eles passem a comprar mais de outros frigoríficos”, disse.
Segundo a ABPA, de 58 frigoríficos habilitados, 33 frigoríficos não têm permissão para exportar para aquela região, incluindo os 5 suspensos na segunda. “Mas nem todos estavam exportando para lá”, observou Turra.
O presidente da associação afirmou ainda que, no mesmo comunicado enviado ao governo, a Arábia Saudita deixa aberta a possibilidade de que frigoríficos não-habilitados peçam esse aval às autoridades brasileiras.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.